Tag: iCom

Entenda como a i12 Sistemas atua na sua Loja de Materiais de Construção

O sucesso de uma loja de materiais de construção depende de diversos fatores. Além de oferecer materiais diversos e de qualidade, a organização interna também pode ser um agente - diversas vezes ignorado - de “filtragem” de clientes e consequente diminuição de vendas.
A fim de sanar estes problemas internos em uma plataforma única e automatizada, a i12 Sistemas desenvolveu e aprimorou seu ERP, iCom, de acordo com as maiores dores de empreendedores no ramo dos materiais de construção.

Entenda como a i12 atua na sua loja:

Flexibilidade ao lidar com cliente:

Com o iCom, é possível aprimorar os processos de sua loja de forma a fornecer ao cliente exatamente o que ele precisa! Por meio da geração de dados que indicam as maiores tendências de compra e as formas mais eficazes de controle de estoque com agilidade e exatidão, garantimos a facilidade de processos e satisfação do comprador.

Maior conversão de vendas:

Converter novas vendas e potencializar a retenção de novos clientes nunca foi tão simples! Em nosso ERP, é possível elaborar orçamentos que atendam exatamente às necessidades do cliente. O iCom também fornece sugestões de promoções assertivas, garantindo um fluxo de vendas mais satisfatório.

Aperfeiçoamento da gestão de inventário:

Com a geração de resultados e estudo das tendências de compras e vendas de seu negócio, o iCom oferece uma experiência de gestão de estoque ideal ao perfil de seu empreendimento. Com nosso software, ferramentas unificadas e automatizadas podem prever tendências de compra, planejando a próxima reposição de estoque e adaptando o novo inventário às demandas de seus clientes. Desta maneira, garantindo o fluxo favorável de estoque e, consequentemente, evitando desperdícios e compras díspares às demandas da loja.

Agilidade e assertividade ao lidar com encomendas:

Vendas fracionadas e em larga escala são comuns na rotina de uma loja de materiais de construção. No iCom, o controle de estoque assertivo e inteligente garante facilidade e flexibilidade no momento da gestão, fornecendo um monitoramento exato em detalhes do pedido e assegurando a satisfação do cliente.

Automação na cobrança:

Com a construção diária de uma base de dados a partir do uso do iCom, torna-se obsoleto o registro de datas e prazos em cadernos ou entre diversos aplicativos. Na área do cliente do ERP, é possível automatizar todas as cobranças, incluindo: data exata; detalhes do pedido; detalhes de contato do cliente e ferramentas legais para emissão de notas fiscais.

Otimização no fluxo de informações:

Com uma base de dados completa, o retrabalho torna-se impensável. Com o iCom, é possível consultar as funções executadas por todo o time e verificar informações sobre a faceta administrativa completa, desde os dados dos clientes até as previsões de compra para o próximo estoque.

Desvendando a Microempresa

Entenda as implicações de abrir e administrar uma ME

Microempresas compõem uma categoria regulamentada desde 2006 pela Lei Geral das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte. A Lei foi criada com o intuito de estimular o desenvolvimento e competitividade entre novas empresas através de uma legislação que garante condições especiais de simplificação tributária e benefícios a pequenos e médios negócios. Desta forma, favorecendo a geração de empregos, desburocratização e redução da informalidade.
Neste post, o iCom te convida a desvendar a ME, abordando os benefícios, obrigatoriedades e dinâmicas que envolvem abrir e administrar uma microempresa.

Quais casos se enquadram à ME?

Comumente, a abertura de uma ME segue três possibilidades:
  1. O microempreendedor começa seu negócio como MEI, mas ultrapassa o valor limite de faturamento anual pré-estabelecido para a categoria (R$81 mil ao ano), sendo obrigado a promover seu negócio a ME;
  2. O negócio não se enquadra à lista de ocupações permitidas ao MEI (Quero ser MEI – Atividades Permitidas);
  3. O faturamento anual da empresa é, desde o primeiro momento, coerente com a faixa de valores definidas a MEs.
Ou seja, MEs são definidas basicamente por 3 parâmetros: tamanho, faturamento e titular único. Do ponto de vista legal, microempresas são pessoas jurídicas que obtêm um faturamento de até R$360 mil (ou R$30 mil ao ano) e apresentam uma Declaração de ME registrada na Junta Comercial do município em que o empreendimento se encontra.
Casos que não se enquadram a MEs:
  • Empreendimentos que tenha sócios domiciliados fora do Brasil;
  • Negócios que tenham sócios com capital em participação, direta ou indireta, na administração pública em âmbito municipal, estadual ou federal;
  • Caso os serviços prestados pela empresa sejam na área da comunicação.
De acordo com as exigências legais básicas citadas acima, microempresas podem ser formadas de acordo com 4 configurações de empreendimentos:
1. Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI)
Composta por um único empreendedor (sem sócios), este tipo de negócio é caracterizado por exigir, de acordo com a legislação, que o empreendedor possua o capital de pelo menos 100 vezes o valor do salário mínimo.
2. Sociedade simples 
Tendo, obrigatoriamente, pelo menos um sócio, o empreendedor deste ramo deve possuir uma ocupação predominantemente intelectual. Neste sentido, os serviços executados são de natureza pessoal, como é o caso de advogados, pesquisadores, escritores, etc. 
3. Sociedade empresária
Englobando, geralmente, a produção e circulação de bens e serviços.  A Sociedade Empresária pressupõe um negócio administrado por um conjunto de pessoas.
4. Empresário
Esta categoria de negócio é formada, sobretudo, por profissionais autônomos, sem sócios, que  apresentam firma individual nos mais diversos ramos.

Como abrir sua Microempresa

Primeiramente, é necessário ter em mãos os seguintes documentos atualizados:
  • RG, CPF e Título de eleitor;
  • Comprovante de residência dos últimos três meses;
  • Última declaração do Imposto de Renda;
  • cópia do IPTU ou de outro documento que comprove a inscrição imobiliária e/ou indicação fiscal do imóvel que sediará o negócio;
  • Nome fantasia da empresa e as atividades que serão desenvolvidas;
  • Certidão de casamento, se for o caso.
Assim, com a documentação adequada, a formalização ainda exigirá algumas viagens! A Junta Comercial de seu município, o site da Receita Federal, o envio de documentos comprobatórios e a Prefeitura Municipal estão entre os vários destinos e obrigatoriedades para a formalização de sua empresa. Por estes motivos, recomenda-se o auxílio de um contador, que será responsável por instruir e facilitar o trâmite de tantas informações entre as etapas citadas.
Benefícios da Microempresa
O regime de Microempresas foi desenvolvido com o intuito de promover a competitividade e crescimento de empresas de pequeno e médio porte nos mais diversos ramos. Ao efetuar todos os passos de adequação de seu negócio enquanto microempresa, a Declaração de ME, documento registrado na Junta Comercial durante formalização, garante os benefícios previstos pelo Estatuto da Micro e Pequena Empresa:

 

Carga tributária reduzida e unificada: O microempreendedor fica sujeito a um regime tributário simplificado de elisão fiscal, em outras palavras: impostos mais brandos que o convencional. Além de uma tributação menor, a ME ainda garante a tributação unificada através do Documento de Arrecadação Simples (DAS).

 

O DAS conta com um modelo de pagamento com percentuais de alíquota progressivos conforme o faturamento da microempresa. Desta maneira, agrupando os impostos estaduais e municipais como forma de diminuir o risco de inadimplência.

 

Contratação de funcionários: ao setor comercial, microempresas podem realizar a contratação de até 9 funcionários; no industrial, este número sobe para 19.

 

Vantagens em licitações: a fim de promover equidade em disputas entre pequenas e grandes empresas, são estabelecidas vantagens, como:
  • Em caso de irregularidade fiscal, a ME pode fazer parte da negociação normalmente. Nessa situação, estabelece-se o prazo de 2 dias para efetuar a regularização necessária caso a licitação seja vencida;
  • De acordo com o potencial produtivo, a ME pode apresentar propostas com valores de 5% a 10% maiores às propostas apresentadas pelas grandes empresas, sendo analisada como valor equivalente.
Diminuição da burocracia: com a tomada de decisão centralizada em um ou em poucos empreendedores, as negociações e decisões estratégicas ocorrem de forma ágil e prática.

Benefícios de um ERP

Conforme já vimos anteriormente, em “O que é um ERP?” (saiba mais); sabemos que um ERP é um software planejado para integrar vários setores/departamentos de uma empresa. Aumentando produtividade, automação de processos e alinhamento de informações que ajudam na tomada de decisão, favorecendo crescimento do seu negócio.

Veja alguns benefícios de ter um ERP na sua empresa

  • Eliminar o uso de interfaces manuais
  • Otimizar o fluxo da informação e a qualidade da mesma dentro da organização 
  • Eliminar a redundância de atividades (retrabalho)
  • Reduzir os limites de tempo de resposta ao mercado
  • Resolução de acordos e contratos mais rápido
  • Incorporação de melhores práticas (codificadas no ERP) aos processos internos da empresa
  • Reduzir o tempo dos processos gerenciais 
  • Redução de estoque
  • Redução de pessoal
  • Maior produtividade
  • Controle de gastos
  • Organização de prazos de pagamento e recebimento
  • Confiabilidade de dados (monitoramento em tempo real): tudo é realizado com dados orgânicos, integrados e não redundantes
  • Grande banco de dados com informações que interagem e se alimentam
  • Fim da complexidade do acompanhamento isolado de cada processo.
  • Assertividade na tomada de decisões e sucesso nos negócios
  • Redução de tempo de ciclos de fechamento contábil
  • Melhorias na gestão de caixas
  • Aumento significativo na lucratividade
  • Melhorias no processo de manutenção da dinâmica empresarial
  • Entregas no prazo
  • O fluxo de dados corporativos se torna mais fluido e é compartilhado com mais facilidade

Quer implementar uma solução destas na sua empresa?

O iCom é um software ERP perfeito para seu negócio. Tenha todos os dados de sua empresa de forma transparente, em uma aplicação unificada e personalizável. Integrando as melhores ferramentas para administração de compras, vendas e fluxo financeiro de seu negócio, o iCom é um tipo de software de Planejamento de Recursos personalizado às principais dores da sua empresa.

Você realmente administra a sua empresa?

Sabe exatamente o destino e a origem de todos os valores que passam pelo caixa?
Conhece seu estoque e a efetividade dos seus investimentos?
Pode afirmar com certeza todas as atividades em que seus funcionários estão envolvidos?

Administrar uma empresa exige coragem, força de vontade e grande espírito empreendedor! É comum que o administrador se desdobre e ainda assim não conheça tudo o que se passa no seu negócio!

Com o iCom, a administração de uma empresa não precisa ser complicada! Todos os parâmetros de atividade são disponibilizados em uma única plataforma acessível, prática, com alta escalabilidade e custo-benefício.

Em nosso ERP, é possível analisar e recolher dados sobre todos os setores do seu negócio. De forma unificada, decisões sobre as compras, vendas e a administração financeira da sua empresa tornam-se práticas e realizadas de forma intuitiva. Além disso, nosso ERP é capaz de traçar os planos de ação mais adequados ao seu negócio, incluindo investimentos ideais para que sua empresa cresça e análises detalhadas sobre a força produtiva aplicada, o fluxo de caixa e os trâmites de estoque.

Você conhece o iCom?

O iCom é um software corporativo de Planejamento de Recursos Empresariais (ERP) responsável por sintetizar todas as necessidades de empresas dos mais diversos segmentos em um único sistema multifacetado.

Integrando as melhores ferramentas para administração de compras, vendas e fluxo financeiro de seu negócio, o iCom é um tipo de software de Planejamento de Recursos personalizado às principais dores da sua empresa.

As principais vantagens ao adotar um ERP, como o iCom, são:

Eliminar o uso de processos manuais
Agilidade na resolução de acordos e contratos
Eliminar a redundância de atividades
Melhor gestão de caixas
Organização de prazos de pagamento e recebimento
Aumento significativo na lucratividade
Melhor tempo de resposta ao mercado
Processos fiscais e contábeis automatizados
New Tweet